A importância do voto consciente para o cristão

Estamos vivendo um tempo onde tudo é possível, tudo vira “modinha”. Os valores que herdamos de nossos avós e de nossos pais estão se perdendo no tempo. Ouvimos falar muito da modernidade dos novos tempos. Um tempo no qual estamos deixando de lado o que de mais importante nos foi confiado: o amor, o respeito e a dignidade.
 
Hoje em dia, percebemos que nossas crianças e jovens sentem vergonha de falar de Jesus, pois isso parece ser coisa do passado. Passado esse tão presente. Vivendo esta pandemia, pudemos perceber que Cristo é a nossa única proteção. Ficamos tão vulneráveis e expostos e a fé se tornou o ponto chave para buscar soluções.
 
Neste mês de novembro, teremos as eleições municipais. Comprometidos com os valores cristãos, vem-nos uma pergunta: qual a importância do voto consciente para um cristão? Questionador, não? Em um mundo onde se vive de forma individualista, ser cristão e promover o bem comum é cafona.
 
Ouvimos tantas promessas que se confrontam com uma realidade destrutiva, com a pobreza e com a total falta de humanidade. Como ser cristão e votar conscientemente diante desta triste realidade? Pois bem, o Papa Francisco nos diz que o cristão deve ter coragem para estar envolvido com a política e que a política faz parte de nossas vidas. Assim, precisamos nos engajar, sem medo, e sermos verdadeiros seguidores de Cristo.
 
Cristo nos ensina a igualdade. O voto de um cristão deve ser com o intuito de promover o bem comum e o crescimento humano. É preciso observar os candidatos que são honestos e que buscam soluções para melhorar a vida dos menos favorecidos. Tomemos cuidado com aqueles que são como Pilatos e lavam as mãos, ou hipócritas que batem no peito e dizem: "amo Jesus", mas que são incoerentes em relação ao que dizem. O voto consciente de um cristão deve ter compromisso com a verdade. O cristão não vende e nem compra votos. Observemos aqueles candidatos que buscam ser éticos e que são comprometidos com o povo o ano todo e não somente em época de campanha eleitoral.
 
Não votemos por conveniência, por amizade, por interesse. Tenhamos cuidado e responsabilidade para eleger aqueles que realmente forem comprometidos com os valores que não podemos deixar esquecidos.
 
A política deve ser para o bem de todos. Cristo pregava o bem comum, então todo cristão consciente tem o dever de votar de acordo com os princípios cristãos. Busquemos a verdade, a dignidade, o respeito, busquemos aqueles que vivem o amor de Cristo na família e na sociedade. Podemos e devemos transformar nossa realidade. Sejamos comprometidos com os valores cristãos!
 
Espero ter colaborado para um bom entendimento da importância do voto consciente do seguidor de Cristo. Sejamos autênticos, peçamos a luz do Espírito Santo e a proteção de Maria. Que a paz e o amor de Cristo estejam com todos. Jamais devemos nos esquecer que somos chamados a ser luz do mundo e sal da terra. Podemos ser também fermento para fazer crescer a fé, o amor e a solidariedade entre nossos irmãos.
 
Deus conta conosco!
 
Boa eleição e boa votação!
 
Mirian Aparecida Claudino (Mirinha)
Membro representante do Movimento Fé e Política da Paróquia Nossa Senhora da Saúde.